MINHA PALAVRA É ESCRITA, CANTADA,FALADA,DESENHADA,MOVIDA E DAÍ NASCE MINHA ARTE.

JÔ MENDONÇA ALCOFORADO

POESIAS E CONTOS DA DEUSA DO AMOR

Textos

DESEJO SEXUAL E LIBIDO
                   DESEJO SEXUAL E LIBIDO NAS MULHERES

         Esse é um dos assuntos que vou colocar algumas opiniões com atenção em relação as mulheres que são as maiores vítimas de violências sexuais e da falta de desejo sexual. A qualidade de vida da mulher contemporânea está ameaçada por muitos fatores. As informações que recebe sobre saúde, bem estar, sobre a estética, sobre trabalhos, sobre alimentação correta, prevenção de como evitar doenças futuras. São muitas informações que mulher recebe como prevenção do mal do século que é o estresse e a depressão. As obrigações urgentes com o estresse do trabalho e a preocupação diária, não só profissionalmente, mas com casa, com os filhos, com o marido, como também, os compromissos pessoais são fatores que interferem no relacionamento afetivo conseqüentemente abalando a libido e a sexualidade da mulher. Mesmo que não queiram se sentem tocadas com as preocupações e se empapuçam de medicamentos muitas vezes não receitados por um profissional da área de saúde ocasionando mais problemas. As drogas mais usadas são os antidepressivos.
          Em geral o problema de falta de desejo sexual vem acompanhada pelos problemas diários, aonde a mulher vai interiorizando as angustias e com o psicológico abalado vai perdendo o desejo sexual. Nada melhor do que procurar o médico nesse momento e um acompanhamento psicológico para tratar esses problemas de falta de desejo. Pode ser alguma causa orgânica. Mas, na maioria das mulheres o problema é mais psicológico do que físico. As mulheres que estão na menopausa também passam por esse problema de falta de desejo sexual.
       Existem vários tipos de terapias alternativas que podem aliviar o estresse e trazer uma melhoria na qualidade de vida da mulher e cabe a ela procurar um profissional, conhecer o trabalho dele e com o tratamento obter resultados positivos.
       O sexo é para se sentir prazer quando isso não acontece, é o alerta de que há algo que deve ser investigado. As mulheres devem resgatar sua auto-estima e voltar a reinar com a sua sexualidade junto aos seus companheiros. Devem sentir-se vivas e seguras da sua feminilidade. Sexo é bom, necessário e faz parte de uma boa qualidade de vida amenizando o estresse, trazendo relaxamento ao corpo e saúde para a mulher, liberando regulando pressão sanguínea no organismo para que o corpo se sinta bem e disposto para enfrentar e superar todas as adversidades.
      Conhecer o próprio corpo é primordial para que se tenha uma vida sexual equilibrada e satisfatória. Conheçam o seu corpo e os pontos que mais lhes dão prazer. Conversem com seus companheiros, se atrevam, se arrisquem e mostre para eles o que lhes dá prazer. A conversa é importante, as palavras a serem usadas também porque elas apresentam os desejos e os limites de cada um para uma vida sexual plena.

Jô Mendonça
Psicóloga e Escritora
Coordenadora do Projeto Qualidade de Vida da UFPB
JÔ MENDONÇA
Enviado por JÔ MENDONÇA em 15/07/2010


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
PALAVRAS ESCRITAS MOVEM-SE NINGUÉM SABE ONDE PODEM CHEGAR!