MINHA PALAVRA É ESCRITA, CANTADA,FALADA,DESENHADA,MOVIDA E DAÍ NASCE MINHA ARTE.

JÔ MENDONÇA ALCOFORADO

POESIAS E CONTOS DA DEUSA DO AMOR

Textos

O ESPELHO
QUEBREI TODA MINHA IMAGEM
QUANDO ME OLHEI NO ESPELHO
NÃO ERA EU QUE ESTAVA
DESPERDIÇEI MEUS VELHOS TEMPOS
APRENDI COM OS MOMENTOS
MUDAR A FELICIDADE
MANDEI A TRISTEZA EMBORA
NÃO ME LEMBREI DE OUTRORA
DESNUDEI OS PENSAMENTOS
NÃO SEI BEM SE EU QUERIA
TER O PRAZER POR UM DIA
DE ME SENTIR DIFERENTE
COMO SÓ A GENTE SENTE
E ABRI AS PORTAS PARA A HORA
QUE PASSOU E FOI EMBORA
LEVANDO SEMPRE E PRA SEMPRE
TODA ALEGRIA DA HORA
QUE PENSANDO BEM JÁ SENTIA
QUE DEVIA IR EMBORA
NÃO VEIO PARA FICAR
NEM TAMBÉM PARA DEIXAR
RESQUÍCIOS DE INCERTEZAS
TUDO SERVIDO NA MESA
NÃO VEIO PARA ENCANTAR
UM BELO E LINDO MOMENTO
QUE NÃO DEIXOU A SAUDADE
APENAS SÓ A VONTADE
DE TUDO REALIZAR
PASSOU TUDO E FOI-SE O TEMPO
LEVANDO OS SENTIMENTOS
PARA NUNCA MAIS VOLTAR
Jô Mendonça Alcoforado
JÔ MENDONÇA
Enviado por JÔ MENDONÇA em 27/03/2011
Alterado em 01/11/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
PALAVRAS ESCRITAS MOVEM-SE NINGUÉM SABE ONDE PODEM CHEGAR!