MINHA PALAVRA É ESCRITA, CANTADA,FALADA,DESENHADA,MOVIDA E DAÍ NASCE MINHA ARTE.

JÔ MENDONÇA ALCOFORADO

POESIAS E CONTOS DA DEUSA DO AMOR

Meu Diário
31/10/2011 23h59
DIA D, DRUMONND

HOJE É O DIA D, DRUMMOND – COMEMORAÇÃO DO ANIVERSÁRIO DE SEUS 109 ANOS SE ESTIVESSE VIVO. O INSTITUTO MOREIRA SALES TEM UMA PROGRAMAÇÃO ESPECIAL EM PARCERIA COM A REDE GLOBO LANÇANDO O DIA DE DRUMMOND. NÃO POSSO DEIXAR DE REVERENCIAR ESSE GRANDE ESCRITOR QUE PENSAVA QUE SERIA ESQUECIDO. TENHO A HONRA DE ESTAR OCUPANDO NO QUADRO DE MEMBRO CORRESPONDENTE DE LETRAS NA ALAP - ACADEMIA DE LETRAS E ARTES DE PARANAPOÃ – RIO DE JANEIRO COMO ACADÊMICA A CADEIRA nº 7, PRATONÍMICA DE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE. DEIXO AQUI MINHA HOMENAGEM PARA O IMORTAL E CÉLEBRE POETA, CONTISTA E CRONISTA BRASILEIRO. ELE SE FOI, MAIS O QUE ESCREVEU FICOU COMO LEGADO PARA A HUMANIDADE. SEUS VERSOS BRILHAM E CONTINUAM SEDUZINDO NOVOS AUTORES E ESTUDIOSOS. E AQUI DEDICO ESSE POEMA COM OS MEUS SIMPLES VERSOS A ESSE IMORTAL QUE TANTO ADMIRO.

MUDAS PALAVRAS
Jô Mendonça Alcoforado

Abro a boca e jorra
meu sentimento versátil
aprofunda-se no poço transbordante
açoitando os pensamentos

Meu corpo está em eterna ebulição
de emoções que a mente brinca
como seu brinquedo predileto
monta, desmonta, encaixa!

Paira no ar
sensações aprisionadas
que na pressa vai
escamoteando o pensamento
real da dor vigiada

Escrever sempre!
desaguar em piso fértil
onde a força das palavras
impuras dos pensamentos
chegam a ser sublimada

Onde ninguém se apercebe
do instinto variado
deixando a profundidade do olhar
passeando pelo lençol do sentimento
sem discernir a visão pensante do momento.


Publicado por JÔ MENDONÇA ALCOFORADO em 31/10/2011 às 23h59
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
PALAVRAS ESCRITAS MOVEM-SE NINGUÉM SABE ONDE PODEM CHEGAR!